Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Armação dos Búzios, ou Búzios como é popularmente conhecido, é um município do estado do rio de janeiro localizado na região dos lagos. Possui atualmente 25 mil habitantes, distribuídos por sua extensão de oito quilômetros. Fundado em 12 de novembro de 1995, quando se emancipou de Cabo Frio. Localizado a 173 quilômetros do centro do estado, com tempo médio de viagem de duas horas e meia.

Búzios é uma península, uma extensão de terra que se encontra cercada de água por quase todos os lados, com exceção da porção de terra que a liga com a região maior, com características que o tornam um lugar único.

Búzios um clima totalmente diferenciado, caracterizado como caatinga fluminense. Com uma temperatura que oscila em torno de 25°C ao longo do ano. Cercado por duas correntes distintas, a corrente quente do Brasil pelo lado norte e a corrente fria das malvinas pelo lado. Garantindo águas quentes de um lado e frias do outro lado da península. Afetada também pelo fenômeno da ressurgência e pelos ventos. Todas essas peculiaridades fazem com que Búzios tenha um clima de azul e noites estreladas a maior parte do ano.

Dona de 23 lindas praias para os gostos mais variados, de nudismo a todo tipo de esporte aquático. Inclusive a praia da rasa sendo a capital internacional do kitesurf e Geribá uma das praias mais lindas do Brasil.

Búzios tem história, e ela se mistura intrinsecamente com a história do Brasil. Polo de produção do óleo de baleia que ajudou na formação do estado do Rio de Janeiro. Fato que inclusive acabou dando nome ao lugar, onde ficava uma grande armação para onde as baleias abatidas eram trazidas para processamento.

Búzios também possui parte na História do tráfico de escravos no Brasil. Possuindo uma população quilombola que guarda o legado histórico da região.

Uma pacata vila de pescadores que apareceu para o mundo graças a visita da ilustre atriz brigitte bardot. Na década de XX a famosa atriz de hollywood descobriu em búzios um recanto para seu descanso. Mas não demorou muito tempo os repórteres a encontraram e acabaram tropeçando na joia que hoje é conhecida como Armação dos Búzios.

Desde de então Búzios só cresceu, passando por períodos difíceis de crescimento desordenado que quase acabaram com algumas preciosidades naturais como o Mangue de pedras. Se tornou o destino de imigração principalmente de argentinos e hoje é um dos pontos turísticos mais belos da costa Azul.

Búzios e sua história

Búzios tem uma história muito rica e participante na formação do estado do Rio de Janeiro. A região de Búzios era habitada por índios Tupinambás no século 16. E durante o mesmo século a região estava tomada por corsários franceses que tinham como objetivo formar ali uma colônia chamada frança antártica. Os corsários foram derrotados por Mem de Sá , então governador geral do Brasil, e Estácio de Sá ,seu sobrinho. A vitória que decorreu a fundação do estado do Rio de Janeiro por Estácio de Sá no ano de 1567.

Mas a região ainda era visitada por corsários que negociavam com os índios Tupinambás, principalmente Pau Brasil. Os corsários só foram derrotados definitivamente pelos portugueses por volta de 1618 com a ajuda dos índios Goytacazes.

Durante o século 17 e 18 e primeira metade do século 19 a península, então chamada de Baía Formosa posteriormente chamada de ponta dos Búzios,  foi de grande destaque na pesca baleeira. Ajudando a suprir o Estado do Rio de Janeiro de onde as baleias já eram poucas devida a caça desmedida.

Devido à pesca baleeira da região uma grande armação para onde as baleias abatidas eram trazidas para extração principalmente de seu óleo foi montada dando origem a uma das principais praias da região, a praia da Armação, e também a sua vizinha praia dos ossos onde eram enterrados os ossos das baleias. Armação essa que veio a dar o atual nome da cidade, Armação dos Búzios.

Búzios também foi rota do tráfico de escravos que entravam na região pela praia Rasa e pela Praia de José Gonçalves, os escravos eram trocados pela região pelo próprio José Gonçalves que comandava o tráfico de escravos na região.

Durante a primeira metade do século 20 existiam poucas casas no local, que até então era uma pacata vila de pescadores. Até que em 1964 a cidade recebeu a visita de uma das mais importantes personalidades mundiais da época, a atriz Brigitte Bardot, dando ao local fama internacional.

Búzios e suas praias

Um lugar cheio de maravilhas naturais, com 26 praias para todos os gostos, praias como a Rasa com águas mornas  e ventos constantes perfeita para a prática do kitesurf, a praia Olho de Boi para os amantes do naturismo, praias mais reservadas e de beleza exuberante como  a Azedinha, o point mais conhecido a praia de de Geribá.

Confira abaixo as praias:

Praias rasa: Localizada na entrada da cidade, a Praia Rasa, está a poucos minutos do centro de Búzios.

Com areias claras é a praia favorita de quem pratica windsurf, por causa dos ventos constantes da região. Suas águas escuras, como não são tão profundas, deram origem ao nome Praia Rasa.

Manguinhos: Quer ver um pôr do sol lindo, essa é a praia.  também muitos praticantes de esportes, como windsurf, kitesurf e vela.

Tartaruga: Sem prédios para obstruir a visão da natureza, como outras praias do centro. Há diversas atividades disponíveis na praia, como snorkeling, caiaque e SUP. A praias lota nos fins de semana e se pode ver muitos guarda-sóis e pouco da faixa de areia.

Virgens: é acessível somente na maré baixa e a pé, por trilha bem estreita, saindo da praia do Canto ou pelo costão da Praia da Tartaruga. Normalmente é deserta e uma das menores praias de Búzios. Mas vale a visita para quem quer curtir um visal exotico.

Amores: De difícil acesso,  a partir de uma trilha de pedras na Praia do Canto. Vale a visita para aqueles que buscam exclusividade. O local é deserto e o mar é agitado, mas a paisagem é maravilhosa.

Canto: ao lado da rua das pedras, cercada de hotéis e casas, o que a faz ser pouco frequentada. Normalmente as pessoas ficam nos bares ao redor observado a linda paisagem.

Armação: Uma das praias mais Históricas de Búzios. Aqui ficava a armação para onde eram trazidas as baleias abatidas. Daí seu nome, praia da armação. Posteriormente deu origem ao nome da cidade também, Armação dos Búzios.

Ossos: vizinha da praia da armação, lhe foi dada esse nome pois nela eram jogados os ossos das baleias. De acesso fácil a orla Bardot e visual deslumbrante.

Azeda: praia pequena e cheia de charme, uma das mais procuradas pelos turistas. Devido a ser muito visitada está normalmente cheia, uma visita no meio de semana seria melhor para aproveitar o visual.

Azedinha: Vizinha a praia azeda estão separadas por uma faixa de pedras. Porém aqui não tem construções obstruindo a visão da vegetação.

João Fernandes: praia de águas mornas, ideal para levar a família. Normalmente encontram-se estrangeiros que adoram visitar o local. Em seu entorno encontram-se muitas pousadas com vistas maravilhosas do lugar.

João Fernandinho: vizinha a João Fernandes. Cercada de mata e paredões rochosos o lugar é um espetáculo. Um pouco mais tranquila que sua vizinha é um belo lugar para se visitar.

Brava: o nome já diz tudo. Aqui os principais visitantes são os surfistas e os bons pescadores de linha. Não é recomendado ir com crianças, pois o mar é muito agitado. No canto direito fica a trilha que dá acesso a praia Olho de Boi.

Olho de Boi: praia de naturismo escondida entre altas encostas. Mundialmente conhecida atrai turistas e curiosos. Seu nome vem de uma fruta vermelha muito encontrada na região, que se assemelha a um olho de boi.

Forno: mar sereno e águas claras, perfeita para mergulho e snorkel. O local é bem tranquilo e as águas são mais quentes durante o verão. Excelente para quem aproveitar a beleza do lugar e recarregar as energias em paz.

Foca: pouco conhecida, está localizada na passagem entre dois paredões de pedra. O melhor momento para aproveitar é a tarde quando o mar forma piscinas naturais nas pedras. Mas cuidado porque aqui a maré varia a cada hora.

Ferradura: excelente praia para levar os pequenos. Aqui se encontra mar calmo e raso, pedalinhos, SUP, caiaque, cadeiras, guarda-sóis e várias opções para refeição. Normalmente enche nos finais de semana, então evite chegar tarde ou visite durante a semana.

Ferradurinha: circundada por um arco de rochas, com mar tranquilo. Excelente para pratica de SUP e caiaque. A faixa de areia é pequena e normalmente a praia é bem movimentada. Para chegar é preciso percorrer um pequeno caminho asfaltado a partir do canto esquerdo de Geribá.

Geribá: a mais popular praia da cidade. Grande com quase 2 quilômetros, movimentada e com uma boa infraestrutura. Os cantos da praia são mais tranquilos. No centro está toda badalação  é a área predileta dos praticantes de esportes como surf, SUP e windsurf.

Tucuns: pouco frequentada pelos turistas a praia possui uma grande faixa de areia. Fica a direita de Geribá. O lugar é muito procurado por praticantes de esportes, como surf, kitesurf, windsurf e parapente. Também é um excelente lugar para levar a família e aproveitar.

José gonçalves: a praia leva o nome do mercador de escravos que utilizava o local como área de desembarque do tráfico de escravos. O local é pouco frequentado, mas tem os quiosques mais famosos da cidade. A faixa de areia é curta e não é mais recomendada para banhos.

Caravelas:  Não se deixe enganar pela corrente ou pela cancela na entrada da estrada de terra e siga adiante! Todas as praias brasileiras são públicas. O mar aqui nem sempre é calmo e a faixa de areia é curta, mas é um excelente lugar para relaxar.

Turismo em Búzios

A tardezinha quando o sol se põe e as luzes da cidade se acendem na Rua das pedras, a principal rua da cidade. Além de todo seu charme, onde pode-se encontrar várias lojas das mais variadas grifes e restaurantes onde se pode degustar o melhor da gastronomia local.

A noite de Búzios também é bem agitada, próximo ao centro na Orla Bardot pode-se encontrar várias boates de alto nível, onde se pode aproveitar as melhores baladas noturnas, drinks exóticos e muita gente bonita.

Mas para aqueles que não estão procurando badalação a cidade também oferece muitos passeios relaxantes, como passeios de barco para conhecer as praias e ilhas da região. Encontrando o guia certo também se pode aprender bastante sobre as peculiaridades de cada local, e é claro escolher seu cantinho preferido da península.

Búzios também possui um recanto único, o Mangue de Pedras, existindo apenas três em todo mundo. Um bioma de espetacular beleza e tão delicado que certamente vale a pena visitar, mas lembre-se de manter o lugar bem preservado e não deixar lixo jogado por lá.

A cidade é rota de cruzeiros, que desembarcam no cais próximo a rua das pedras. Sempre desembarca muita gente interessante que trazem um agito em todas as lojas do centro.

A cidade oferece uma grande quantidade de formas de lazer para os visitantes, cavalgadas, passeios de bike, passeios de bug, natação, praças para skate e patins, mirante, yoga e massagens relaxantes, mirantes, passeios radicais,  ecoturismo, golf e muitos outros pequenos mimos.

Curiosidades de Búzios

 

Búzios é um lugar muito exótico e cheio de detalhes para quem sabe procurar. Primeiramente o clima da cidade que pode ser considerado o melhor do estado. Búzios possui uma média de 256 dias de céu azul e noites estreladas por ano e mantém uma temperatura média de 25ºC durante o ano. Em Búzios também chove menos, com um dos menores volumes médio de chuvas do estado do Rio de Janeiro.

As praias variam de temperatura, as do lado direito (sul) são frias e as do lado esquerdo (norte) são mais quentes. Tudo devido a península receber a corrente do Brasil (quentes) pelo lado sul e a corrente das Malvinas (frias) do lado norte da ilha.

Búzios possui um Bioma único, conhecido como caatinga fluminense. O único desse tipo fora do nordeste do Brasil. Ainda falando de Biomas únicos, em Búzios, encontra-se o Mangue de pedras, dos quais existem somente três em todo planeta.

Búzios também foi rota de tráfico de escravos, que entravam pela praia rasa e José Gonçalves. Inclusive em Búzios existiu um quilombo e ainda hoje existem os descendentes dos quilombolas, que mantém viva a cultura de seus antepassados no lugar.

Em Búzios também existem naufrágios, um na praia do centro e outros perto da Ponta do Pai Vitório por onde passavam os navios negreiros e onde eram afundados pelos navios da coroa devido a proibição do tráfico de escravos pela Lei Feijó-Barbacena em 7 de novembro de 1831.

Búzios também possui um acidente geológico, a Ponta do Pai Vitório. Esse acidente é a prova da separação gradual dos continentes e de acordo com estudos a península de Búzios fazia parte da cidade de Lobito no município da província de Benguela, nas costas de Angola, no continente africano.

Não podíamos deixar de falar da personalidade que trouxe o olhar do mundo sobre a cidade, Brigitte Bardot, a atriz de Hollywood que fugindo dos incansáveis paparazzis encontrou na cidade seu recanto particular. Mas Búzios não foi retiro somente de Brigitte também foi retiro do presidente Juscelino Kubitschek. Ambos homenageados na cidade com esculturas.

A cidade possui uma das esculturas mais belas do planeta a escultura dos três pescadores, Obra de Christina Motta, em Búzios, ficou em 1° lugar no ranking do site ArtsInterface.org que busca trazer o melhor da arte em espaços abertos e que interaja com o ambiente, seja ele natural ou urbano.

 

Então, Pensando em viajar?

A resposta é simples, melhor que Búzios não há.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe o seu comentário